Novela de Dona Íris esqueceu de ter roteiro

 Tá tudo bem que todos no SBT comemoram ibope excelente da novela mexicana.
O ibope é merecido, ainda mais quando as outras emissoras nada têm a mostrar.
Mas vamos aos fatos.

Dona Íris, a recopiadora dos textos mexicanos, deveria se preocupar em roteirizar os textos pra não cometer gafes inaceitáveis para uma escritora de tanto tempo.
Numa determinada cena, o aluno judeu pede à professora que peça de volta o objeto religioso que a diretora tomou dele.
Na cena seguinte, a professora vai até a sala da diretora e não pede o objeto.
Volta, então, pra sala de aula sem falar nada.
Então, os alunos falam de novo com ela para que peça o objeto, como se nem tivessem falado antes.
E a professora vai de novo na sala da diretora como se não tivesse feito isso antes.
Isto é amadorístico e não pode ser feito numa emissora do porte do SBT.

Mais adiante na novela.
Alguém tem que definir se a escola é pública ou particular.
Afinal, no primeiro capítulo, uma aluna que vai pra escola recebe uma maçã da mãe pra lanche, dizendo que ela não tinha dinheiro pra comprar outra coisa.
E no capítulo de ontem, um pai diz que se sacrifica pra pagar a escola para o filho.
A dona Íris tem que definir se a escola é pública ou privada.

Claro que se a dona Íris tiver de ajudante uma especialista em matemática e uma outra em informática, não dá pra pensar em escrever a novela de uma forma mais coerente.
Ajudante pra escrever textos e roteiros tem que ser pessoa que tenha conhecimento disto, de estrutura de novela.
Quanto aos textos falados pelas crianças, a cada dia isto se mostra de forma equivocada, com crianças apenas falando textos decorados.
Isto é erro grande de falta de comando adequado da novela.
Lá existem 3 diretores e nenhum deles sabe trabalhar com crianças.
O péssimo resultado de interpretação é inaceitável.
Os meninos e meninas são bons, mas quem os comanda não tem ideia disto.
Então personagens que deveriam mostrar naturalidade na novela, perdem em interpretação.
A melhorzinha é Larissa, que faz Joaquina.
Maisinha, que apresenta tão bem os seus programas, está se mostrando forçada na interpretação.
Nem preciso falar das outras meninas que, mesmo sendo promissoras, não tiveram preparação adequada pra um trabalho destes.

Vejam que coisa, com tudo isto, a novela continua gostosa de se ver.
Com tudo isto, a novela tem excelente ibope.
Imaginem se tivessem feito um trabalho bem feito, se dona Íris tivesse feito roteiro certo de cada capítulo, se os diretores entendessem de preparar crianças e se a atriz que faz o papel da professora não fosse tão ruinzinha.
Seria um sucesso tão grande que bateria um enorme ibope.
Mas, pra concorrer com a atual Rede Record, o que está no SBT serve.

Escrito por James Akel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.