Contradições entre excelente reportagem e um péssimo roteiro de jornalismo do SBT

 O SBT BRASIL, de ontem, teve uma reportagem excelente, que vai até ter continuação no dia de hoje, sobre uma grande acusação a um professor do Espírito Santo, que foi preso sem provas pra isto, inclusive com o delegado declarando que não havia provas pra prisão.
Mas um certo promotor, sem nenhum fato real comprovado que demonstrasse sequer uma leve suposta situação, decidiu pedir a prisão do professor e um juíz decretou.
Vejam que um sujeito inocente, sem nenhuma prova contra, pode ser preso se um promotor cismar com ele e o juíz corroborar.
Pois bem, esta reportagem merece nota 8, e não ganha 10 porque não tentaram falar com promotor e juíz, mesmo que os dois se recusassem a falar com a reportagem.

Mas o problema lamentável que houve depois foi que, ao invés do comentário dessa reportagem excelente ter sido feito por Joseval Peixoto, que é um grande tribuno, com excelente banca de advogados, foi o comentário feito de forma medíocre e sem conteúdo por Rachel Sheherazade.
O editor do jornal deve determinar que, quando existe um assunto jurídico, o tal assunto deveria ter comentário feito por quem entende.

Tem mais ainda que deveria mudar.

No final do programa, quando Joseval faz um verdadeiro editorial, é Joseval quem deve encerrar o jornal com seu editorial, e não Rachel entrando depois e derrubando a emoção do editorial.
Isto é primário, mas o editor do jornal parece nem entender.
Coisa assim é que tira a dinâmica de um show.
E isto precisa ser entendido pelo editor do jornal.
Sem entender isto, tira o efeito real do jornal.

Escrito por James Akel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.