Entendendo a origem do remake de Carrossel

    

Silvio Santos sempre teve excelentes relações com Emílio Azcarraga, dono da Televisa.
O relacionamento social entre os dois sempre foi muito grande.
Inúmeras fotos comprovam tal relacionamento, mostrando jantares entre os dois, de magníficos a nababescos.
E foi nesta condição de afeto que Emílio e Silvio fizeram um acordo verbal para renovar o contrato de remakes e reexibição de novelas dubladas.
O Brasil é importante para a Televisa que tem público fiel aqui.
Isto foi final de 2008.
Mas chegando ao Brasil, com a notícia da renovação acertada verbalmente que, pra eles, mexicanos, tem o mesmo valor que um papel assinado, pois foi feito entre dois homens honrados e poderosos, eis que Guilherme Stoliar e Daniela Beyruti entraram em ação e disseram a Silvio que o SBT deveria se transformar em emissora chic, ou seja, queriam que se transformasse o SBT em classe A para ter anunciantes mais sofisticados.
Acreditavam que esta linha de emissora daria maior lucro.
Então fizeram a cabecinha doce de Silvio e não aceitaram o acordo feito em palavra.
Silvio, constrangido com a situação e não tendo coragem de falar pessoalmente que capitulou às ideias de Daniela, nem mais atendia aos telefonemas dos mexicanos e nem recebeu Oscar Belaich, da Televisa, que veio ao Brasil falar com ele.
E olhem que, quando os mexicanos vinham, antes, ao Brasil, Silvio determinava que tudo de bom lhes fosse ofertado, desde hospedagem no Caesar Park, até carros à disposição e passeios pelas noites da cidade incluindo casa de café.
Aliás, os mexicanos adoravam o café da cidade.

Silvio mudou de postura com os mexicanos e determinou que Daniela Beyruti rompesse o acordo feito em palavra.
Imediatamente, Emílio Azcarraga, dono da Televisa, deu ordens para que se procurasse a Record e se fizesse negócio com Honorilton Gonçalves.
Mas o seriado Chaves era um contrato à parte e permaneceu com o SBT.

Escrito por James Akel

 
 Ao saber da história da volta atrás da palavra de Silvio junto aos mexicanos da Televisa, Honorilton Gonçalves, comandante da Rede Record, disse aos mexicanos que negociando com ele, não teriam problemas, pois ele cumpria todos os acordos inclusive os verbais.
Os mexicanos sentiram segurança com Honorilton.
Escrito por James Akel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.