A conversa do Gugu foi com a Bandeirantes

 

Na conta do um mais um, sem correr qualquer risco de erro, é possível assegurar que esta emissora é a Bandeirantes. Houve, sim, uma conversa informal entre as partes, mas ainda sem entrar nos maiores detalhes. Foi, podemos assim considerar, apenas uma abertura de trabalhos.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco entrevistou Gugu

 

Gugu Liberato, pela primeira vez, fala da saída da Record e do seu atual momento, inclusive sobre a perspectiva de uma volta para muito breve. Com pouco mais de 30 anos de carreira na televisão, Gugu está fora do ar e assim pretende ficar por alguns dias.

Em uma rápida entrevista, ele conta que não guarda mágoas da Record, que faria tudo de novo e o que pretende fazer no próximo domingo, quando, após muitos anos, terá o dia livre.

Flávio Ricco - Como você analisa a sua saída da Record? Houve uma surpresa ou foi algo que já se negociava há algum tempo?
Gugu Liberato: Ambos concordamos que diante do momento que o país atravessa, não se justificaria manter um programa com custo não compatível com a realidade. Estudamos há alguns meses algumas alternativas e até mesmo aguardamos uma melhora da economia, o que infelizmente não ocorreu.

Em termos profissionais, como você avalia hoje o seu tempo de trabalho na Record? Houve algum benefício importante para a sua carreira?
Vivi intensamente estes últimos quatro anos profissionais. Tornei-me famoso em alguns países, como Portugal, por exemplo, onde estive em maio representando a Record Internacional.

Ficou alguma mágoa?
De forma nenhuma, muito pelo contrário. Entrei pela porta da frente e igualmente saí por ela.

Agora, analisando tudo, você faria alguma coisa diferente?
Não. Faria tudo da mesma forma.

Desde o instante que a sua saída foi anunciada não se ouviu outra coisa a não ser sobre um possível retorno ao SBT. Já existe alguma coisa? Você foi procurado por alguém? Falou com Silvio Santos?
Só posso dizer que fui procurado por uma emissora para conversar, mas como já viajei, ficou para minha volta.

Voltar à  televisão e sair dos domingos são hipóteses que você pode vir a cogitar?
A TV passa por uma transição por conta das outras mídias e também devido à penetração do cabo. Os artistas também devem se adequar às necessidades, se desejarem continuar na TV.

Domingo que vem, depois de muito tempo, você estará fora do ar. Já sabe o que vai fazer?
Depois de muitos anos, vou almoçar com a minha família.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Enfoque NT: O fim de Gugu Liberato na Record

http://natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/d09bda4f469a74f5c29e1b270db279f1.jpg

Divulgação/TV Record

Gugu sempre foi um desejo antigo da Record. Por vezes o vimos em várias novelas de negociações, a última antes de 2009, no ano de 2006. Foram semanas de especulações até a confirmação: contrato renovado com o SBT até março de 2010, que não fora cumprido em sua totalidade.

No contrato renovado em 2006, o SBT colocou até em seus comerciais Gugu e Silvio Santos assinando a tal renovação por mais quatro anos. Mal sabíamos que ele não seria cumprido em uma nova investida da Record três anos mais tarde.

Em junho de 2009, a Record o tirou da emissora da Anhanguera oferecendo-lhe um programa dominical de quatro horas e um talk-show diário na Record News, que sempre foi um antigo sonho do apresentador. Enquanto isso, víamos uma das maiores “guerras” da televisão dos últimos tempos – o SBT tirou Roberto Justus e Eliana da concorrente, na ocasião -.

Contrato fechado até 2017, muito bem amarrado, com uma multa de rescisão estratosférica, estimado em mais de R$ 100 milhões. Segundo Gugu, apesar dos R$ 3 milhões que tinha como salário, o que foi realmente sedutor na proposta da Record foi o “projeto de carreira” que lhe ofereceram.

Quem não se lembra dessa chamada que a Record produziu antes de Gugu estrear? “O melhor apresentador você só vê aqui”: (Celso Portiolli na ocasião, em seu Twitter, perguntou se a Record tinha contratado Silvio Santos).

O “Programa do Gugu” estreou em 30 de agosto de 2009 com 16 pontos de média, contra 22 da Globo e 8 do SBT. Gugu concorria com seu antigo patrão, Silvio Santos, e logo depois de algumas semanas, ele já começaria a ter problemas de audiência perdendo o segundo lugar com frequência.

Em maio de 2010, após sucessivas derrotas para o “Programa Silvio Santos”, Gugu mudou para o período vespertino, alegando que seu público estava lá. A mudança foi em vão, e ao invés de perder para Silvio, Gugu já estava vendo o segundo lugar com sua concorrente Eliana, em um programa também gravado.

Lembram-se do talk-show que a Record News lhe ofereceu na assinatura do contrato? Pois é, nunca se viu. O projeto foi vetado algumas vezes posteriormente. A última, em novembro de 2012. O argumento era de que a emissora estava focando apenas em “programas jornalísticos”.

Gugu e seu programa tiveram pequenos espasmos de grande audiência, como algumas semanas atrás, onde o anão Marquinhos, do “Balanço Geral”, era atração principal, batendo Fausto Silva e seu “Domingão”. Mas eram mesmo só espasmos.

A pressão pela audiência sempre existiu. Afinal, Gugu era o maior salário da casa, e foi tirado do SBT na maior negociação já vista na televisão. O que se esperava era um retorno compatível com seus vencimentos, traduzido em números.

O estopim foram as constantes demissões da Record, que chegaram a afetar seu programa. Houve também corte de verba para produzir a atração. Vendo esse cenário cada vez mais lúgubre, o apresentador “pediu pra sair”.

Futuro

Muito vai se especular até que Gugu assine seu próximo contrato. Será que ele volta para o SBT? O domingo de lá está preenchido com Celso Portiolli, Eliana e o patrão, Silvio Santos. Não há espaço, teoricamente. Será que Gugu aceitaria ir para os sábados?

Segundo o colunista Léo Dias, o apresentador embarca nesta quinta (6) para o Rio de Janeiro e terá uma reunião com a alta cúpula da Globo. Onde encaixariam Gugu na programação global? Antes do futebol dominical?

E a Band? Teria condições de bancar Gugu para entrar de vez na briga dos domingos? Pânico e Gugu poderiam fazer a dobradinha que Silvio Santos sempre sonhou para o SBT.

É uma incógnita.

NaTelinha

Rodrigo Faro substituirá Gugu; “Cidade Alerta” terá edição aos sábados

 

http://natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/3861ed3058fc76721e7f7de4c984c82e.jpg

Gugu Liberato terá Rodrigo Faro como seu substituto aos domingos na Record – Divulgação/Record

 

A saída de Gugu fez a Record mudar a sua grade de sábado .

Rodrigo Faro, atualmente à frente de “O Melhor do Brasil”, substituirá Gugu Liberato. Segundo o jornalista Flávio Ricco, o apresentador e sua diretora, Rita Fonseca, estão em uma reunião neste exato momento para que os últimos detalhes possam ser acertados.
Outra definição é a inclusão do “Cidade Alerta” também aos sábados. O jornalístico irá ao ar antes do “Jornal da Record”, que por sua vez entregará o horário para o “Legendários”, mais cedo.
Ainda não se sabe por quanto tempo irá vigorar esta nova grade. Rafael Cortez é bastante cotado para ganhar um programa nas noites de sábado, ocupando assim o espaço de Rodrigo Faro.
NaTelinha

James Akel comenta a atual situação do Gugu na Record e dá dica para o dono do SBT

 

 

O conhecido apresentador Gugu está a cada domingo pior que o outro.
Gugu já perdeu o pequeno carisma que tinha e agora demonstra não saber mais o que fazer para ter ibope.
Cada domingo está fazendo Gugu sair do programa muito triste.
Alguém tem que fazer alguma coisa por ele.
Mas este alguém não é ninguém da TV Record onde ele trabalha mas sim  o próprio Silvio Santos.
Apenas Silvio pode devolver ao Gugu a felicidade pelo trabalho.
Mas Silvio não tem dinheiro para pagar a multa de Gugu na TV Record e trazer Gugu de volta ao SBT.
Também tem o fator Daniela Beyruti, filha do Silvio, que foi a grande causa da saída de Gugu do SBT e sua ida para outra emissora
.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 01h51 no dia 04 de março de 2013

James Akel revela atual situação do Gugu na Record

Para desmentir todas as notícias sobre sua saída da TV Record, Gugu fotografou ontem um almoço que foi marcado de afogadilho entre ele, o diretor Homero Salles e toda cúpula da TV Record.
E publicou na web o almoço para que todos achem que está tudo bem.
Pode até estar ajeitado porque a multa de ambos os lados é colossal.
Mas o ambiente entre as partes está longe de ser ameno.
Ninguém está satisfeito.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 01h18 no dia 06 de fevereiro de 2013

Rumores de insatisfação de Gugu Liberato com a Record aumentam

Embora sejam frequentemente desmentidos pela Record ou por Homero Salles, diretor do “Programa do Gugu”, os rumores de que Gugu Liberato está insatisfeito com a sua atual casa vêm crescendo.

Segundo a coluna Controle Remoto, nos bastidores haveria uma movimentação que busca um início de negociação com o SBT, casa que o lançou e a qual Gugu trabalhou até a metade de 2009.

Entretanto, apesar de ser querido por Silvio Santos, poucos apostam em um retorno imediato.

Pesam contra a volta de Gugu Liberato ao SBT o fato da grade da emissora ter se consolidado após sua saída, com Celso Portiolli e Eliana, e no fator da multa, que já foi classificada como “impagável” por Homero em declarações recentes.

natelinha

Gugu estaria insatisfeito com cobranças e reclamações da Record

O apresentador Gugu Liberato não está aguentando a pressão dos diretores da Rede Record. De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin, do jornal Folha de S. Paulo, ele está irritado com críticas que vem recebendo, principalmente de pessoas que não entendem nada de televisão, como de pessoas ligadas à Igreja Universal.

Gugu assinou com a Record em 2009 e seu contrato é válido até 2018. A multa rescisória é milionária de ambas as partes.

Nas últimas semanas, devida a baixa audiência do “Programa do Gugu”, as especulações voltaram a surgir. O diretor Homero Salles, recentemente, garantiu que Gugu irá cumprir seu contrato até o fim.

O PLANETA TV!