Westfield Football Federation Australia Cup preview

FFA Cup

The Westfield FFA Cup kicks off on Tuesday night.

 

Tomorrow night, Tuesday July 29, marks an historic point in Australianfootball history when the inaugural Westfield FFA Cup kicks off its round of 32 with four fantastic clashes across three states.

And on the night the professional footballers make way for the tradies, Uni students, gardenersand IT consultants as the part-time clubs (including one described by their coach as a ‘pub team’) are given this opportunity to make the headlines nationally.

Soon we’ll be seeing Hyundai A-League clubs in the mix for the Cup but tomorrow night, it’s all about the romance of the Cup for the smaller clubs.

Will the fairytale of South Springvale continue?

Can the Knights from Melbourne regain national pride against a red-hot Olympic FC?

There’s a Sydney derby at Cromer Park and the big TV game live and exclusive on Fox Sports 3 is Broadmeadow Magic and former NSL champions Brisbane Strikers.

What better to spend your Tuesday night than seeing history unfold as new and unlikely heroes emerge from the first night of the Westfield FFA Cup round of 32.

Join the conversation on Twitter and stay on www.theffacup.com.au for all the match news and post-match reaction.

Broadmeadow Magic versus Brisbane Strikers

#BMMvSTR

Venue: Magic Park, Broadmeadow, Newcastle

KO: 7.30pm

This is the live TV match (live and exclusive on Fox Sports 3 from 7pm). Magic head into their most high-profile game on the back of a 3-0 win over Lake Macquarie City on the weekend. Goals to Chris Berlin, Rhys Tippett and Scott Pettit breathed life into Magic’s season and gave the club a perfect tonic ahead of Tuesday night.

Brisbane Strikers for their part will look to goal machine Matthew Thurtell for a cutting edge. Their last NPL game was a 2-1 win over Harimau Muda ‘A’. Sitting third on the Queensland NPL ladder, like Olympic FC, they are having a strong season in the Queensland league.

South Springvale versus South Cardiff Gunners

#SSvSC

Venue: Kingston Heath Soccer Complex, Cheltenham, Melbourne

KO: 7.30pm

For Springvale – the self-described ‘pub team’ of the Cup according to coach Bill Lambropoulos – they’ll look to top scorers Ali Hameed and Dean Panagopoulos for a cutting edge.

Added experience comes in the form of captain Craig Metcalfe and former Melbourne Victory player Ricky Diaco who, if fit, should provide some composure on a night sure to be high on emotion for the Victorian state league one, south-east outfit.

After knocking out two NPL sides already, will the South fairytale continue?

In their way are the Gunners from South Cardiff in Newcastle. The side sit eighth in the NPL NNSW under coach Greg Asquith but travel to Melbourne on a high after defeating Lambton Jaffas 2-1 on the weekend. Ash Balcomb and Jamie Byrnes scored for South Cardiff.

Olympic FC versus Melbourne Knights

#OLYvMK

Venue: Goodwin Park, Yeronga, Brisbane

KO: 7.30pm

Olympic thrashed Moreton Bay Jets 5-1 on Friday night at Goodwin Park and sit in second spot on the NPL Queensland ladder. Little wonder there’s quiet confidence in the camp.

Wily coach Jim Bellas says they’ll be underdogs but expect former Hyundai A-League players Matt Mundy and Tim Smits (both formerly of Brisbane Roar) are likely to be key at a packed Goodwin Park.

Daniel Byrne with a hat-trick against the Jets is likely to be full of confidence in the front third along with goal-machine Reuben Way who has a better than goal a game record in the league.

Mundy’s red card against the Jets the only downer on a fabulous Friday night.

Melbourne Knights go in on the back of a 1-1 draw with Goulburn Valley Suns. Expect a compact game-plan from coach Andrew Marth with the visitors likely play on the counter using powerful centre forward Stipo Andrijasevic, right winger Shayan Alinejad and playmaker Daniel Visevic as the main outlets

Knights captain Ben Surey is unavailable this week with club favourite and reigning Victorian player of the year Marijan Cvitkovic likely to take the armband for the side in eighth on the Victorian ladder.

Manly United versus Sydney Olympic

#MANvSO

Venue: Cromer Park, Dee Why, Sydney

KO: 7.30pm

There promises to be plenty of goals when Manly United host fellow NSW NPL rivals Sydney Olympic in the Westfield FFA Cup round of 32 clash on Tuesday night.

Both sides like to attack and have some brilliant offensive players at their disposal, who will enjoy showing their wares on the plush playing surface at Cromer Park.

United will be banking on the goals of former Hyundai A-League striker Chris Payne, while the class and guile of midfielder Brendan Cholakian is something the Olympic defence will need to stop.

The visitors have threats of their own, namely Evan Kostopoulos who tormented United when the two sides met earlier this season, while Taiga Soeda and Go Shirai have been standouts all year.

Neither team should be short of confidence either after registering vital wins in the league over the weekend.

Manly edged away from the bottom of the table with a gritty 1-0 win over the South Coast Wolves and Olympic kept their finals hopes alive, beating Sutherland 3-2 at Seymour Shaw Park.

 

Source : Football Federation Australia

Consolidados GRANDE SP 27.07.2014

Globo

A Globo foi bem com suas atrações ao longo do dia. Com destaque para o clássico entre Corinthians e Palmeiras, que alcançou 19 pontos de média. A série “24 Horas” perdeu para Silvio Santos mais vez. Deu só 8.

Esquenta – 12
Temperatura Máxima – 13
Campeonato Brasileiro – 19
Domingão do Faustão – 18
Fantástico – 19
24 Horas – 8

Record

A Record conseguiu a vice-liderança com seus dominicais. O jornalístico “Domingo Espetacular” alcançou dois dígitos.

Domingo Show – 8
Hora do Faro – 8
Domingo Espetacular – 11
Tela Máxima – 4

SBT

O “PSS” marcou 10 pontos de média e foi vice na média fechada, empatando com a Record. Surpreendente mesmo é a audiência do “Roda a Roda”: 9 pontos.

Domingo Legal – 7
Eliana – 8
Roda a Roda – 9
Programa Silvio Santos – 10

Band

O Brasileirão na Band foi a maior audiência do canal, com 6 pontos de média. O “Pânico” deu 5 e esse é o novo padrão de audiência do humorístico.

Campeonato Brasileiro – 6
Terceiro Tempo – 3
Polícia 24h – 2
Pânico na Band – 5

 

NaTelinha

Consolidados GRANDE SP 26.07.2014

No sábado (26), “Império” deu recorde negativo: somente 25 pontos no Ibope, índice parecido e até um pouco menor do que “Em Família” vinha registrando.

Na sequência, o “Zorra Total” marcou só 15 pontos.

Caldeirão do Huck – 14
Meu Pedacinho de Chão – 17
SPTV – 17,5
Geração Brasil – 17
Jornal Nacional – 20
Império – 25
Zorra Total – 15
Altas Horas – 9

Record

O “Programa da Sabrina” teve a maior audiência da Record no sábado: 8,5 pontos.

Cine Aventura – 5
Cidade Alerta – 6
Jornal da Record – 8
Programa da Sabrina – 8,5
Legendários – 7

SBT

O “Caso Encerrado” retornou à grade do SBT com modestos 3 pontos de média. “Patrulha Salvadora”, mais uma vez, foi a maior pontuação da emissora no sábado, com 6 pontos.

Programa Raul Gil – 5
Supernanny – 6
Chaves – 5,5
SBT Brasil – 5
Patrulha Salvadora – 6
Esquadrão da Moda – 4
Cine Família – 5
Caso Encerrado – 3

Band

A reprise do “CQC” minguou apenas 1 ponto no Ibope. Índice irrisório.

Brasil Urgente – 3
Jornal da Band – 3
CQC – 1
Top Cine – 3

NaTelinha

Consolidados GRANDE SP 25.07.2014

Globo

“Império” registrou 31 pontos na sexta-feira (25). Caiu um pouco em relação aos primeiros capítulos e na sequência o “Globo Repórter” deu 24.

“Caras & Bocas” continua bem e alcançou 16,5 pontos.

Encontro – 7
SPTV – 10,5
Globo Esporte – 10
Jornal Hoje – 10
Vídeo Show – 9
Sessão da Tarde – 10
Caras e Bocas – 16,5
Malhação – 16
Meu Pedacinho de Chão – 18,5
SPTV – 19,5
Geração Brasil – 19
Jornal Nacional – 25
Império – 31
Globo Repórter – 24
O Rebu – 15

Record

O “Me Leva Contigo” não conseguiu emplacar e acumulou mais uma derrota para os filmes do SBT. Ficou com apenas 3 pontos de média.

Hoje em Dia – 4
Balanço Geral – 6
Programa da Tarde – 5
Cidade Alerta – 8
Jornal da Record – 6
Vitória – 5
José do Egito – 5,5
Me Leva Contigo – 3

SBT

No SBT, o bom e velho “Chaves” ainda funciona. Cravou 7,5 pontos, beneficiando o “SBT Brasil”. O filme da “Tela de Sucessos” conseguiu o segundo lugar com 7 de média.

Bom Dia & Cia – 5
Um Maluco no Pedaço – 7
Eu, a Patroa e as Crianças – 7
Casos de Família – 5
Café com Aroma de Mulher – 4,5
Meu Pecado – 4
A Feia Mais Bela – 4
Chaves – 7,5
SBT Brasil – 8
Chiquititas – 11
Rebelde – 6
Programa do Ratinho – 7
Tela de Sucessos – 7
The Noite – 5

Band

A Band não sofreu alterações no Ibope.

Sabe ou Não Sabe – 2
Brasil Urgente – 4
Jornal da Band – 4
Zoo – 1,5
Os Simpsons – 2,5
Pânico na Band – 3

NaTelinha

Classificação da Serie A do Campeonato Brasileiro após a décima segunda rodada

Natalie Teeger

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Minas Gerais Cruzeiro 28 12 9 1 2 28 12 +16 78 Estável Segunda fase da Copa Libertadores de 2015
2 São Paulo Corinthians 23 12 6 5 1 15 6 +9 64 Estável
3 Rio de Janeiro Fluminense 22 12 7 1 4 20 11 +9 61 Estável
4 Rio Grande do Sul Internacional 22 12 6 4 2 18 11 +7 61 Aumento1 Primeira fase da Copa Libertadores de 2015
5 Pernambuco Sport 21 12 6 3 3 11 11 0 58 Aumento3
6 São Paulo Santos 20 12 5 5 2 15 6 +9 55 Aumento3
7 Goiás Goiás 20 12 5 5 2 9 8 +1 55 Aumento3
8 São Paulo São Paulo 19 12 5 4 3 19 15 +4 53 Baixa2
9 Paraná Atlético Paranaense 19 12 5 4 3 19 16 +3 53 Baixa5
10 Rio Grande do Sul Grêmio 19 12 5 4 3 10 8 +2 53 Baixa3
11 Minas Gerais Atlético Mineiro 15 11 4 3 4 13 12 +1 45 Estável
12 São Paulo Palmeiras 13 12 4 1 7 9 16 –7 36 Estável
13 Rio de Janeiro Botafogo 12 12 3 3 6 14 14 0 33 Estável
14 Santa Catarina Criciúma 111 12 4 2 6 8 18 –10 39 Estável
15 Santa Catarina Chapecoense 11 11 3 2 6 8 13 –5 33 Estável
16 Bahia Vitória 11 12 2 5 5 12 15 –3 30 Aumento1
17 Paraná Coritiba 10 12 2 4 6 11 15 –4 21 Aumento2 Zona de rebaixamento à Série B de 2015
18 Rio de Janeiro Flamengo 10 12 2 4 6 8 19 –11 28 Aumento2
19 Bahia Bahia 9 12 2 3 7 8 14 –6 25 Baixa3
20 Santa Catarina Figueirense 7 12 2 1 9 5 20 –15 19 Baixa2

1O Criciúma foi punido pelo STJD com a perda de três pontos por escalação de jogador irregular.

SBT perde a oportunidade de crescer engavetando sitcoms

ee94e-mundonovelas_sbtretomasuaprogramac3a7c3a3o

 

Conforme noticiado pelo NaTelinha, o SBT engavetou os projetos de sitcom de Carlos Alberto de Nóbrega e Tom Cavalcante, e a volta do “Ô… Coitado!”, que vinha dando 5 pontos de média com suas reprises na faixa das 18h30 há alguns meses.

Com buracos na programação, o SBT perdeu a chance de ajeitar alguns pontos na grade que precisam de atenção, como o sábado à noite, que está carente de um bom produto desde a saída de “A Praça é Nossa” para às quintas-feiras, em 2006.

Alguém duvida que uma dobradinha dessas duas sitcons daria certo contra o “Legendários” e “Zorra Total”? O motivo alegado para o engavetamento é o alto custo. Investe-se muito, e ganhe-se muito, foi assim que a Globo chegou e se mantém no primeiro lugar.

Enquanto isso, a grade de programação está repleta de mofos e programas dublados. É assim que o SBT quer recuperar o segundo lugar?

 

NaTelinha

Flamengo 1 x 0 Botafogo

1 x 0 

12ª RODADA
À BASE DA LUTA, FLA VENCE O BOTAFOGO NA REESTREIA DE LUXA E ENCERRA JEJUM
Em partida com forte marcação nas saídas de bola e muita disputa no meio de campo, gol de Alecsandro de cabeça encontra brecha na falta de talento
Não foi uma partida para ser lembrada como bem jogada a deste domingo no Maracanã. Mas a vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Botafogo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, na reestreia de Vanderlei Luxemburgo na equipe da Gávea, poderá servir para os rubro-negros como um recomeço no Campeonato Brasileiro, ainda que a equipe esteja longe, muito longe, de mostrar um bom futebol. Na verdade, a partida debaixo de forte chuva pode ter luta como palavra-chave.

Superior em boa parte do primeiro tempo, principalmente a partir dos 30 minutos, quando o time teve no argentino Mugni uma pequena luz de inspiração e em Alecsandro o faro de gol – marcou numa linda cabeçada, aos 32 -, o time acabou dominado em parte da segunda etapa por um Botafogo também lutador. Mas no lance final, quando o zagueiro rubro-negro Marcelo falhou na saída de bola, faltou estrela ao atacante Zeballos para empatar a partida – na sequência, houve até impedimento do atacante ao receber de Wallyson, mas ele poderia ter decidido na primeira conclusão, defendida por Paulo Victor. O resultado até seria mais justo pelo equilíbrio tanto na marcação forte das equipes no campo de ataque como na briga pela posse de bola no meio de campo.

O Flamengo, que encerra um jejum de oito partidas sem vencer, vai a 10 pontos ganhos. Continua na zona de rebaixamento, mas sai da lanterna e passa para o 18º lugar na tabela. Com a derrota, o Botafogo, que mostrou uma equipe insatisfeita com atrasos de salários – o time entrou com uma faixa de protesto antes da partida -, fica em 13º lugar, com 12 pontos. A equipe alvinegra melhorou sensivelmente com as alterações na segunda etapa, quando Zeballos entrou no lugar de Bollati e deixou o time mais ofensivo. Yuri Mamute, muito mal, também foi trocado por Daniel, nem tão bem. E Wallyson no lugar de Carlos Alberto – o meia foi muito bem marcado – deu mais poder de fogo à equipe, que no entanto foi muito desorganizada ao atacar.

Alecsandro gol Flamengo x Botafogo (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

O jogo

Foi um primeiro tempo de muita disputa e pouca inspiração o do clássico no Maracanã. O Flamengo de Vanderlei entrou mais ligado e foi superior a partir dos 30 minutos, quando Mugni começou a se livrar melhor da forte marcação – aliás, uma tônica nas duas equipes – e encontrar nas laterais a melhor posição para desenvolver as jogadas. Com os times bem ligados no meio de campo, os erros de passes prejudicaram as sequências dos lances. O Botafogo teve a sua, quando Carlos Alberto, bem marcado, conseguiu ser o garçom para Emerson Sheik bater com perigo.

O Flamengo, que já tinha tentado a bola aérea num centro de João Paulo para Alecsandro, repetiu a jogada, dessa vez com sucesso – e iniciada por Mugni – aos 32. O camisa 9 foi feliz na conclusão de cabeça. A partir daí, a equipe alvinegra afrouxou a marcação, e os rubro-negros até poderiam ter chegado ao segundo, se Luiz Antônio não tivesse batido fraco. Pelo lado alvinegro, Edílson, com chute forte de fora da área, obrigou Paulo Victor a fazer a única boa defesa na partida até então.

Na segunda etapa, o Botafogo começou em velocidade em busca do empate. Zeballos deu mais vigor ao ataque, mas as jogadas ofensivas não encaixavam bem e Carlos Alberto não conseguia ser o garçom ideal para Emerson Sheik. Vanderlei tirou Mugni para promover a estreia de outro argentino, Canteros, e com isso o time recuou muito. A entrada de Negueba no lugar de Paulinho não surtiu o efeito de aumentar a velocidade no contra-ataque.

O sufoco foi até o fim. O Botafogo, que tentou muito o jogo pela direita, não teve em Edílson um lateral eficiente. Agora, a equipe alvinegra vai buscar a recuperação no próximo sábado, diante do líder, o Cruzeiro. Ao Flamengo, cabe seguir na recuperação diante da Chapecoense, domingo, no Sul.

 

GLOBO ESPORTE.COM